Tolerância: reflexões filosóficas, políticas e jurídicas para o século XXI

Tolerância: reflexões filosóficas, políticas e jurídicas para o século XXI

Autores

  • NEURO JOSÉ ZAMBAM
  • SÉRGIO RICARDO FERNANDES DE AQUINO

Resumo

Este artigo tem como objetivo fundamentar o conceito de Tolerância como um valor irrenunciável para as condições de justiça no século XXI. O processo de integração, aproximação e comunicação experimentado nesse período expõe as diferenças e desigualdades existentes no interior das sociedades e dos povos. As gritantes desigualdades que ainda persistem no mundo, os fanatismos políticos e religiosos que estão na origem das guerras e dos conflitos, bem como as evidências de uma cultura hedonista e violenta, entre outras, denunciam a instrumentalização do outro ou a sua própria negação, assim como clama pelo desenvolvimento de novos parâmetros de relacionamento. A Tolerância é um valor moral com condições de construir a identidade humana e política do próximo período histórico. Nessa linha de pensamento, pretende-se justificar a afirmação: O século XXI ou será tolerante, ou não será. Sem o exercício da Tolerância, a atuação do Estado, das instituições e das organizações sociais será de negar o outro, isto é, a necessária Alteridade dificulta a sua práxis e as conquistas empreendidas. A Tolerância contribui para a integração humana, a melhoria da qualidade de vida, a superação do isolamento e de outras privações.

ABSTRACT: This paper intends to justify the concept of Tolerance as an indispensable condition for justice in the twenty-first century value. The integration, approach and communication process experienced in actual days shows the differences and inequalities within societies and other people. The glaring inequalities that still persist in the world, the political and religious fanaticism that represents the origin of wars and conflicts, among others evidences of a hedonistic and violent culture, denounce the exploitation of others or their own denial and cries for new measures to develop human bounds. Tolerance is a moral value capable of build human political identity for the next historic time. Thinking along these lines, we intend to justify the statement: The XXI century will either be tolerant or not. Without exercising Tolerance, the performance of the State, institutions and social organizations is to deny people, in other words, the difficult to achieve its objectives or other actions can be seen as the presence of Other. Tolerance supports human integration, improves lifes’s quality, overcome isolation and other limitations.

Downloads

Como Citar

ZAMBAM, N. J.; AQUINO, S. R. F. D. Tolerância: reflexões filosóficas, políticas e jurídicas para o século XXI. Revista da AJURIS - QUALIS A2, [S. l.], v. 42, n. 137, p. 365–386, 2015. Disponível em: https://revistadaajuris.ajuris.org.br/index.php/REVAJURIS/article/view/389. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

DOUTRINA NACIONAL
Loading...